Eventos Semanais

Entrevista

Selma de Abreu Bezerra

6 SelmaSelma de Abreu Bezerra, dona da empresa de decoração infantil Disney Festas já tem sete anos de mercado em Balsas.

Inicialmente, Selma era funcionária do Foto Sakura, onde trabalhou por um período de oito anos, quando adquiriu experiência e aprendeu a fazer o trabalho. Surgiu, então, a oportunidade de adquirir uma empresa de decoração e ela não pensou duas vezes. Com o apoio do namorado (hoje esposo) e da família, Selma ainda muito jovem resolveu acreditar e ter sua própria empresa, mesmo sem pesquisa de mercado, mas sentindo que tinha capacidade. Com o apoio recebido ela seguiu em frente. De acordo com a empresária, a maior dificuldade do início da trajetória foi adquirir a confiança do seu público.
OPORTUNIDADE: “A minha primeira festa que montei, foi inesquecível pra mim, pois eu sentia aquele momento como uma brincadeira e ao final de toda decoração foi a declaração da minha ex-chefe que fez eu me sentir capaz e realizada. Quando ela me disse: Seu trabalho está muito bom, você tem todo o crédito para continuar! Essa foi a declaração que fez a diferença para eu seguir em frente transformando a brincadeira de encher balões e decorar numa atividade que me garantiria um futuro financeiro estável. Fico muito feliz por ter seguido em frente”, revelou Selma.  A loja funciona praticamente de segunda a segunda, porque nos finais de semana é sempre o ponto alto das festas. O atendimento é preferencialmente para o público infantil.

De acordo com a empresária, a decoração de alguns temas tradicionais como a festa da Disney nunca saem de moda, assim como outros personagens, por exemplo, as princesas no estilo provençal. Da mesma maneira, existem sempre personagens novos, por isso é fundamental estarmos [eu e minha equipe] sempre ‘antenadas’com as novidades do mercado infantil, e a mídia é a nossa principal fonte de pesquisa para podermos oferecer opções, em geral ‘as mães pedem e nós fabricamos’, destacou.

RESPONSABILIDADE: “Sinto muito orgulho da minha trajetória. De como foi o início e de como estamos hoje. Eu, assim como toda a minha equipe de funcionários, crescemos e melhoramos muito com a experiência dos anos de trabalho. Tudo que eu aprendi foi pela vontade e pelo amor ao trabalho, sempre faço testes antes de mostrar para o cliente quando fazemos algo novo”, destacou.

“A ansiedade para finalizar a festa e verificar como ficou é um momento bem importante, sempre, em todas as festas. Além disso, a responsabilidade deste momento único que ocorre nos atrela a um grande compromisso. Principalmente as comemorações do primeiro ano de vida da criança é algo que realmente pode ser considerado um sonho para a família; é a realização daquilo que mãe tanto desejou. Muitas vezes já acompanhamos o bebê realizando o chá de fraldas e quando vem a festa de 1 ano a expectativa da família é sempre grande, e para nós a responsabilidade é enorme, pois estes momentos ficam eternizados na história daquelas pessoas. Hoje encontro adolescentes na rua que me abraçam porque se sentem felizes sabendo que eu acompanhei a trajetória deles produzindo os aniversários, marcando a história deles. Sinto-me muito honrada em fazer a minha parte e participar da vida dessas crianças e famílias”, frisou Selma.

FUNCIONAMENTO: A loja trabalha com artigos pra vendas; confeccionamos também o que o cliente quiser. Os produtos vêm todos de fora, além de representantes que vêm trazer as últimas novidades Fico feliz também porque na minha área houve grandes evoluções nestes últimos anos, dando cada vez mais opções para decoração e temática de festas. “Atendemos crianças e adolescentes até os 13 anos. Uma tendência recente é a festa chamada ‘baladinha’, onde a novidade agora é algo que foge já daquele tradicional conceito de mesas com toalhas, tudo muito infantilizado. Hoje, as crianças a partir de 10 anos tornaram-se um público que está pedindo já uma comemoração diferenciada. A festa não perde a beleza, pelo contrário, está dentro de um conceito moderno e ousado”, ressaltou Selma.

“As festas, atualmente, são realmente um luxo. Comparando aos anos passados que se tratavam de comemorações muito simples. Os investimentos no passado eram mais voltados para festas de 15 anos, casamentos… nunca foi dado tanto valor para as festas infantis como tem se dado recentemente. As festas nos dias atuais são muito requintadas”, avaliou. “O conceito mudou muito, os balões eram usados em grandes quantidades em anos atrás. Hoje usam-se muito pouco. As festas, acredito, são muito mais lindas, embora todas tenham o mesmo objetivo que é a comemoração. Atualmente, os detalhes e as opções que o mercado oferece para festas infantis é o que marca a diferença. Hoje as indústrias apresentam as inovações, tendências que assim que disponíveis no mercado já são procuradas pelas mães, que devido a grande facilidade do acesso às informações existentes hoje em dia, já vem sabendo o que querem e, por isso, eu e minha equipe estamos sempre atentos aos lançamentos também deste mercado mais do que impulsionado, que cresce de maneira espantosa nestes últimos anos. É um segmento em total expansão”, destacou Selma.

“Para festas dos meninos os super-heróis nunca saem de moda. Como as programações estão sempre inovando, os personagens dos desenhos apenas mudam de forma. Mas estamos sempre atentos e, por isso, quando acompanhamos uma mudança, já vamos nos preparando porque existe a fabricação de tema, e quando está em alta, o mesmo tema sai muitas vezes. Embora, nenhuma festa seja igual a outra, pois sempre fazemos um detalhe diferente. Dificilmente quem vem até nós não definiu o tema. Praticamente todos que nos procuram já tem em mente o tema da festa, pois percebo que atualmente existe um planejamento muito antecipado para esta comemoração. Vejo que a família se prepara com antecedência, definindo com muita organização e, com isso, conseguem fazer o que elas almejam, conseguem realizar o sonho do filho e da família”, relatou. A comemoração de um ano, por exemplo, não é sonho do bebê, mas sim dos pais e da família”, revelou Selma.

IMPORTANTE: “Antes de fechar qualquer festa, para mim, é importante sentar com o meu cliente e saber exatamente o que quer, entender o que ele busca. Também é necessário conhecer bem o seu público para atuar de acordo. Cada festa é única, e juntamente com a minha equipe desenvolvemos algo em cima de tudo aquilo que ele [ o cliente] sonhou”, explicou Selma.

FUTURO: “Tenho muitos planos aqui para a loja, vai vir muita coisa boa. Teremos novidades, vamos mudar para um prédio novo, e depois de realizar esses novos projetos acredito que vai ser a hora de vir filhos, pois trabalhando há praticamente 15 anos com festas infantis eu estou mais que preparada. Eu espero o melhor para o futuro. Acredito que eu tenho a sorte de ter um público muito fidelizado”, ressaltou.
“Eu nem tinha idade para trabalhar quando iniciei esta atividade, mas logo me identifiquei muito e criei uma verdadeira paixão, pois é muito gratificante concluir uma festa. Cada detalhe faz a diferença. Eu sinto muita satisfação pelas festas que produzimos. Quando as pessoas nos agradecem, realmente me sinto muito grata, porque sei que esse é o resultado pelo qual trabalhamos e nos dedicamos. Esta atividade exige muita disposição e amor. Durante esses anos de atuação, tive momentos em que quis desistir, porque um deslize pode estragar o sonho de outra pessoa”, revelou. “Pelo fato de estar neste ramo, sei que abdico dos meus finais de semana, e sei que meu telefone nunca pode ficar desligado, pois alguém pode precisar dos nossos serviços. Têm finais de semana que no sábado, por exemplo, estão acontecendo cinco festas que decoramos, que nós somos responsáveis. Por isso, a dedicação é extrema e nunca para. O ano inteiro têm festas de crianças e no final do ano sempre aumenta muito. Então, mesmo eu tenha por algumas vezes tentado buscar algo novo, uma área nova, sempre voltei atrás porque acho que eu não sei fazer outra coisa. Eu aprendi amar esta profissão”, finalizou.

CURIOSIDADE: “Uma pesquisa divulgada recentemente destacou que o Nordeste é o segundo maior mercado de festas infantis do País. O setor que movimenta milhões de reais por ano, não para de crescer e é procurado por muita gente que quer começar um empreendimento, porque o valor de investimento é baixo. No entanto a dica de especialistas no ramo é para que os novos empreendedores não deixem de realizar a pesquisa do seu público e o próprio mercado antes de se aventurar no universo infantil”. 6 Selma

Deixe o seu comentário